Tudo sobre Imóveis
TUDOsobreIMOVEIS Condomínio Administradoras À procura de uma administradora

Este artigo recebeu 142 votos.  Média: 
  3,9 de 5.
Voltar  volta para pagina anterior
14/6/2000

À procura de uma administradora

Aspectos importantes a serem considerados


A mudança da administradora de um condomínio é tão problemática quanto trocar de contador em uma empresa. Portanto, para não entrar numa fria, saiba quais informações que você deve buscar na hora de contratar uma administradora para o seu condomínio. Siga os passos abaixo.

  • Compare pelo menos três empresas. Uma boa maneira de escolher candidatas é através de indicações de amigos síndicos, preferencialmente de prédios similares ao seu.
  • Peça a lista de serviços oferecidos por cada uma e seus respectivos custos. Entre em contato com alguns condomínios para os quais a empresa presta serviços. Escolha aleatoriamente pelo menos três clientes sugeridos pela administradora e verifique se as cláusulas contratadas têm sido cumpridas com eficiência e se os profissionais propõem soluções para solucionar problemas do condomínio.
  • Examine os custos, analisando se a taxa de administração também incide sobre receitas/despesas extraordinárias. Veja quais serviços são cobertos pela taxa e quais são cobrados à parte (xerox, presença em assembléias condominiais, extratos, cobrança bancária, serviço de motoboy, etc).
  • Peça um modelo de extrato mensal de prestação de contas e veja se há clareza nos lançamentos. Atente para os serviços cobrados à parte.
  • Entenda qual será a taxa de remuneração das sobras de caixa. Caso a administradora cubra alguma despesa do condomínio quando a receita não for suficiente, veja qual será a taxa de juros cobrada.
  • Visite a sede da administradora e observe seu horário de funcionamento, rapidez no atendimento, existência e custo de cobrança bancária das taxas condominiais, informatização, organização e limpeza em geral.
  • Confirme se a empresa é filiada a alguma entidade de classe.
  • Exija da administradora uma apólice de responsabilidade civil, eximindo o condomínio de responsabilidade caso algum funcionário terceirizado cause danos em serviço.
  • Leia atentamente o contrato e o assine por prazo determinado e não muito longo. Observe em que condições ou sob que penalidades ele poderá ser cancelado antes do vencimento. Evite cláusulas que dêem exclusividade à administradora para a prestação de serviços (por exemplo, obrigando-o a usar o serviço jurídico dela).
  • Verifique se têm departamento jurídico e departamento pessoal próprios.

    Durante a vigência do contrato de prestação de serviços:


  • Se a empresa compra material de limpeza, contrata empresas conservadoras, faz manutenção de equipamentos e instalações do condomínio ou outro serviço, certifique-se de que os orçamentos estejam dentro do valor de mercado.
  • Cheque se as guias de impostos e taxas estão pagas e autenticadas corretamente. Recomenda-se averiguar com frequência se as obrigações trabalhistas (empregados do condomínio) estão sendo cumpridas.
  • Cuidado ao contratar policiais militares para a segurança: muitos fazem 'bico', não aceitam ser registrados e depois exigem direitos trabalhistas dos condomínios. Prefira seguranças desarmados e instale um bom sistema de segurança eletrônico.
  • Cobre rapidez no atendimento às suas solicitações e sempre centralize os contatos em uma só pessoa, a gerente da administradora designada. Procure fazer sempre por escrito, via fax ou e-mail.


  • O que você achou desse artigo ?
     Fraco  Excelente   
      1 2 3 4 5  



      · TUDOsobreIMOVEIS.com.br
    Home
       Aluguel | Apoio Jurídico | Compra e Venda | Condomínio | Construção | Decoração
       Financiamentos | Harmonia | Manutenção | Mudanças | Reformas | Seguros | Tecnologia


    Copyright © 2000-2010 - imovel-on.com
    contato: call@tudosobreimoveis.com.br