Tudo sobre Imóveis
TUDOsobreIMOVEIS Saiba como calcular sua prestaçâo

Este artigo recebeu 5327 votos.  Média: 
  3,8 de 5.
Voltar  volta para pagina anterior
14/6/2005

Informação Básica de Planos de Financiamento


Os planos de financiamento são a fórmula de calcular e reajustar a sua prestação. Antes de mais nada, é necessário conhecer o significado de alguns termos:

- Capital - valor financiado
- Juros - custo do capital financiado. A taxa normalmente é fornecida ao ano. Ex.: 12% a.a. ( ao ano) ou 1% a.m. ( ao mês).
- Amortização - valor pago para redução do capital financiado.
- Prestação - soma dos juros devidos mensalmente e da amortização de parte do saldo devedor

- Prazo - limite de tempo definido para o pagamento do financiamento.
- Encargo mensal - soma da prestação com os prêmios de seguro.


Como calcular

A forma de cálculo utilizada por todos os bancos e pelos incorporadores nos financiamentos diretos é a TP - Tabela Price (sistema francês de amortização. Sistema também utilizado pelos lojistas e financeiras no crédito direto ao consumidor).
Vamos fazer uma simulação (tabela price):

1) Cálculo da prestação ( amortização + juros)

- Informe o prazo, em meses, e o valor do financiamento (Não utilizar separador de milhar. Escreva 1000 ao invés de 1.000; Separador de centavos pode ser uma vírgula ou um ponto. Tanto faz 1.45 ou 1,45);
- A taxa de juros é sempre 1% ao mês.


Calculadora Financeira - Tabela Price
Prazo em meses
Valor do Financiamento R$
Prestação R$



2) Cálculo do valor do financiamento

- Informe qual a prestação que você pode pagar e o prazo, em meses (Não utilizar separador de milhar. Escreva 1000 ao invés de 1.000; Separador de centavos pode ser uma vírgula ou um ponto. Tanto faz 1.45 ou 1,45);
- A taxa de juros é sempre 1% ao mês.


Calculadora Financeira - Tabela Price
Prazo em meses
Prestação R$
Valor do Financiamento R$


A CEF utiliza, além da Tabela Price, outro sistema: Sacre - Sistema de Amortização Crescente

Este sistema foi desenvolvido pela CEF, e tem como objetivo permitir maior amortização do valor emprestado, reduzindo simultaneamente a parcela de juros sobre o saldo devedor.


Vamos fazer uma simulação - Sacre


1) Cálculo da prestação ( amortização + juros)

- Informe o prazo, em meses, e o valor do financiamento (Não utilizar separador de milhar. Escreva 1000 ao invés de 1.000; Separador de centavos pode ser uma vírgula ou um ponto. Tanto faz 1.45 ou 1,45);
- A taxa de juros é sempre 1% ao mês.

Calculadora Financeira - Sacre
Prazo em meses
Valor do Financiamento R$
Prestação R$



2) Cálculo do valor do financiamento


- Informe qual a prestação que você pode pagar e o prazo em meses (Não utilizar separador de milhar. Escreva 1000 ao invés de 1.000; Separador de centavos pode ser uma vírgula ou um ponto. Tanto faz 1.45 ou 1,45);
- A taxa de juros é sempre 1% ao mês.

Calculadora Financeira - Sacre
Prazo em meses
Prestação R$
Valor do Financiamento R$


Como reajustar

Além do cálculo da prestação, existe a fórmula do reajuste, que pode ter incidência mensal ou anual. A maioria dos contratos de financiamento prevê o reajuste pelo mesmo índice, responsável pelo reajuste das contas de caderneta de poupança. Atualmente, este índice é a TR (Taxa Referencial de Juros), calculada pelo governo.

Os financiamentos diretos, feitos pelos incorporadores, utilizam como índice, em sua maioria, o INCC ( Índice Nacional do Custo de Construção), usando, em alguns casos, o IGP (Índice Geral de Preços) ou o IGPM (Índice Geral de Preços no Mercado), todos calculados pela Fundação Getúlio Vargas.

Comprometimento de renda

No financiamento, os bancos e a CEF definem critérios específicos do comprometimento da prestação em relação à renda familiar. Varia de 20% a 35%, ou seja, você não pode comprometer mais de 20% a 35% da sua renda familiar com a prestação do seu imóvel.
Ex.: Renda de R$ 5 mil. No caso de 30%, a prestação máxima é de R$ 1,5 mil.

Limites de financiamento


- Cada banco e a CEF concede o financiamento de acordo com suas respectivas avaliações técnicas. Assim, por exemplo, o banco financia 70% do menor dos valores - venda ou avaliação.

- Dentro do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, o limite máximo de financiamento é de R$150 mil e o preço, ou avaliação do imóvel, não pode ser superior a R$ 300 mil.

- Acima dos valores supracitados, o financiamento só poderá ser feito através da Carteira Hipotecária, cujas taxas de juros são livres e as normas são definidas por cada agente financeiro.


Documentação pessoal

Os documentos exigidos para aprovação do financiamento variam de agente para agente. A documentação básica é:

- Carteira de Identidade
- CPF
- Certidão de Casamento
- Comprovante de Renda
- Comprovante de Residência
- Certidões dos distribuidores civis e Justiça Federal
- Protesto de Títulos
- Interdições e Tutelas


O que você achou desse artigo ?
 Fraco  Excelente   
  1 2 3 4 5  



  · TUDOsobreIMOVEIS.com.br
Home
   Aluguel | Apoio Jurídico | Compra e Venda | Condomínio | Construção | Decoração
   Financiamentos | Harmonia | Manutenção | Mudanças | Reformas | Seguros | Tecnologia


Copyright © 2000-2010 - imovel-on.com
contato: call@tudosobreimoveis.com.br