Tudo sobre Imóveis
TUDOsobreIMOVEIS Imóveis Prontos Carta de Crédito da Caixa financia 100% do imóvel

Este artigo recebeu 2737 votos.  Média: 
  4 de 5.
Voltar  volta para pagina anterior
24/4/2000

Carta de Crédito da Caixa financia 100% do imóvel

Quem já possui imóvel financiado pela Caixa também pode contratar o empréstimo


Dispensa da entrada, prestações em média apenas 30 % mais altas do que o valor de mercado de aluguel do imóvel pretendido, 20 anos para pagar e limite de financiamento de até R$ 400 mil, são algumas das razões que têm levado muita gente a procurar a Carta de Crédito da Caixa, novo produto da Caixa Econômica Federal.

Reformulada em novembro do ano passado, a nova Carta de Crédito da Caixa, que oferece ainda a vantagem ao mutuário de receber imediatamente a escritura definitiva do imóvel, mesmo que atrelada à hipoteca, investe na  simplificação da comprovação de renda como forma de proporcionar o ingresso de novos mutuários no sistema.

Uma das principais vantagens do método empregado para comprovação de renda é reconhecer o crescimento da economia informal em todo o país, dispensando a obrigatoriedade da apresentação de contra cheque.

O levantamento da renda pode ser feito, por exemplo, através da comprovação da pontualidade de inquilinos durante o período de três anos ou através de extratos bancários que atestem a capacidade financeira.

Além de propiciar a aquisição de imóveis urbanos prontos ou prestes a serem entregues, desde que com habite-se, a linha de crédito permite ainda a construção de imóvel residencial em zona urbana, em terreno que pertença ao interessado, reforma ou ampliação de imóveis em zona urbana ou simplesmente a aquisição de terreno em área urbana.

Outro atrativo da Carta de Crédito da Caixa é permitir a contratação do empréstimo mesmo por pessoas que já possuam imóvel financiado pela CEF, desde que estas possuam renda mensal que comporte a nova prestação.

A taxa de juros é de 12% aa ou 10,5% aa para funcionários de empresas conveniadas à CEF, com desconto das parcelas mensais em folha. O prazo é de 240 meses para aquisição de imóvel, construção e aquisição de terreno, e 60 meses para reforma ou ampliação.

A amortização é feita pelo sietema de amortização crescente desenvolvido pela Caixa Econômica Federal, o Sacre. As prestações são recalculadas na data de aniversário do contrato, durante os dois primeiros anos. A partir do terceiro ano, as prestações podem ser recalculadas a cada trimestre, segundo critério da CEF.

O comprometimento da renda do pretendente ao financiamento não pode ultrapassar 30% da renda familiar bruta.


O que você achou desse artigo ?
 Fraco  Excelente   
  1 2 3 4 5  



  · TUDOsobreIMOVEIS.com.br
Home
   Aluguel | Apoio Jurídico | Compra e Venda | Condomínio | Construção | Decoração
   Financiamentos | Harmonia | Manutenção | Mudanças | Reformas | Seguros | Tecnologia


Copyright © 2000-2010 - imovel-on.com
contato: call@tudosobreimoveis.com.br