Tudo sobre Imóveis
TUDOsobreIMOVEIS Apoio Jurídico Financiamento Mutuários X agentes financeiros: trégua armada

Este artigo recebeu 68 votos.  Média: 
  3,9 de 5.
Voltar  volta para pagina anterior
7/4/2000

Mutuários X agentes financeiros: trégua armada

O motivo das brigas costuma constar do contrato


Se as estatísticas do número de divórcios sobem como balão em festa junina, o que dizer de uma relação que nada tem de íntima e envolve cifras e expectativas bem acima das cotidianas, como é o caso do relacionamento entre mutuários e agentes financeiros?Para 4,5 milhões de pessoas, segundo dados da ANM (Associação Nacional dos Mutuários), a definição mais singela para esse 'casamento sem sexo' seria nitroglicerina pura. São ameaças de todos os lados.
Credores ameaçam devedores de leiloar o imóvel; devedores ameaçam credores de colocá-los na Justiça. E a solução voa inacessível sobre cabeças sempre quentes, como balão de festa junina.

Crédito imobiliário foi criado para facilitar a compra da casa própria

Pode até parecer óbvio informar o que você lê no entretítulo. Não é. Um financiamento imobiliário tem uma função social importantíssima. Por isso, para você não precisar repetir ao seu credor que o crédito imobiliário foi criado para facilitar a compra da casa própria, não deixe de ler as dicas dos especialistas em financiamento:

1- Tente definir claramente o seu projeto imobiliário.
2- Economize ao máximo, a fim de tentar juntar pelo menos 50% do valor do imóvel pretendido.
3- Avalie com bom senso sua real capacidade de endividamento. Não esqueça que um financiamento é um compromisso de longo prazo
4- Pesquise criteriosamente todas as ofertas de crédito imobiliário existentes, antes de definir o seu agente financeiro.
5- Analise, palavra por palavra, tudo o que estiver escrito em seu contrato. Se possível, conte com o auxílio de um advogado especializado em crédito imobiliário. Gastar um pouco mais agora pode poupar-lhe muitos inconvenientes em um futuro próximo.
6- A coisa ficou preta. Acalme-se. Nem mesmo um contrato leonino pode decretar a sua falência. Se for possível usar o FGTS ou outros recursos extras provenientes, por exemplo, da venda de algum bem, use-os. Evite tornar-se inadimplente.
7- Meu Deus, embarquei no Titanic! Se o seu caso for de devolução do imóvel, não ceda à tentação de passar o financiamento para terceiros, sem atualizar essa transferência junto ao seu agente financeiro.
8- A Lei de Ouro: nunca, nunca mesmo, em caso de dúvida, assine nada sem a consultoria de um especialista.




O que você achou desse artigo ?
 Fraco  Excelente   
  1 2 3 4 5  



  · TUDOsobreIMOVEIS.com.br
Home
   Aluguel | Apoio Jurídico | Compra e Venda | Condomínio | Construção | Decoração
   Financiamentos | Harmonia | Manutenção | Mudanças | Reformas | Seguros | Tecnologia


Copyright © 2000-2010 - imovel-on.com
contato: call@tudosobreimoveis.com.br